terça-feira, 13 de outubro de 2009

Persistência...

Texto 1
Ela queria um carinho. Olhou pra ele triste e sozinho, e disse:
- Você quer um abraço?
Ele olhou assustado pra bela moça parada exatamente à alguns centímetros dele, lhe olhando com os olhos simples e carregados de humildade.
- Não precisa... Acho que você não iria gostar dele.
- E porque não?
- Porque ninguém gosta dele, não é de se suspeitar que será tão mal que você também não irá gostar. Não quero decepcioná-la... Não tente...
Ela pousou o dedo indicador sobre a boca e pediu silencio.
- Oras, deixe de tolice. Se tu não agradaste à tua amada, é porque ela não é para ti. Agora não me deixe desistir de tentar. Nem pra todo mundo é igual, pra mim pode ser que ele seja bom. Anda vamos, venha cá.
Ele olhou pra ela desconfiado, levantou da grama e saiu andando.

Certo dia, ele voltou sorridente e disse:
- Agora podes me abraçar.
Ela lhe fitou intrigada.
- E por que antes não?
- Porque meu coração estava tão doente e ferido que ele somente iria usar você, para causar dor a moça que me rejeitou, e isso só iria me causar mais dor. Esperei que a dor cessace. Agora podes me abraçar com todo o amor; agora sim, sentirei o que sentes por mim em apenas um abraço.
Ela sorriu pra ele, chegou mais perto e lhe abraçou com força e com carinho abundante. Ele olhou pra ela surpreendido e com um brilho nos olhos.
- Tu tinhas razão sobre ser diferente com ela, talvez seja porque não havia mesmo amor. E eu não havia me dado conta.

Texto 2
Às vezes, desistimos de tentar, e persistimos somente nas derrotas. Firmamos num horizonte vazio e obscuro. 'AH, mas isso não dará certo'. E muitas vezes nem dão mesmo. O pessimismo, força que atraia coisas ruins do universo? Dá arrepios só de pensar nesta possibilidade de solução. Pensar em coisas boas? Somente isso resolverá meus problemas? Bom, resolver talvez não, depende da situação em que se encontra. Mas acho que dá menos dor de cabeça, e extress. E sabe-se que às vezes, um determinado problema sem solução nos causa uma tremenda dor de cabeça, e então nos isolamos, ignoramos as pessoas, ofendemos até algumas, e isso só atraí mais e mais problemas. Sorrir, já basta. Deeeeixa pra lá. Xó problema! Quero saber disso não!

http://comentalanomeublog.blogspot.com/2009/10/persistencia.html

4 comentários:

Erickson Gutierrez disse...

Ótimo blog, bastante iteligente. Gostei das tuas histórias de ti mesma. Seguirei-te ;D

sussurroqualquer.blogspot.com

newdeadnation disse...

Simplesmente adorei o teu blog! Parabéns!
Grande beijo

Just Pâmzinha disse...

Nossa, esse primeiro texto foi simplesmente perfeito ! Adorei muito este texto menina ! Estou te seguindo já ! Beeijos :*

Karina Casaçola Cinel. disse...

*.* São raros os blogs que gosto por aqui, mas o teu me encantou de certa forma. . .
Tuas palavras são belíssimas. Beijo.

Postar um comentário