quarta-feira, 19 de maio de 2010

Apenas Mais Uma de Amor


Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido
Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor pretensão de acontecer
Eu acho isso tão bonito
de ser abstrato baby
A beleza é mesmo tão fulgaz
É uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor pretensão de acontecer
Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então,
A alegria que me dá
Isso vai sem eu dizer
E se amanhã não for nada disso
Caberá só a mim esquecer
E eu vou sobreviver
O que eu ganho, e o que eu perco
Ninguém precisa saber
Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido
É uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor pretensão de acontecer
Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então,
A alegria que me dá
Isso vai sem eu dizer

Se amanhã não for nada disso
Caberá só a mim esquecer
E eu vou sobreviver...
O que eu ganho e o que eu perco
Ninguém precisa saber
O que eu ganho e o que eu perco
Ninguém precisa saber.

4 comentários:

Amanda Teles e Tamillys Camilo disse...

Olá moça,
Tô apaixonada pelo teu blog!
Amei td q li até agora...
Parabéns!
Estamos te seguindo!
Visita o nosso tb,acho q vc vai gostar...
Bjim ;)

Perto de Mim disse...

Pergunta sem resposta.
Sentada no seu quarto, ela começa a perguntar:

- Qual é a cor da solidão?

Monique Targino

Priscilla Estrela disse...

essa musica é tao liinda..
te sigo agora flor

Anônimo disse...

=]

Postar um comentário